Curso “Romances distópicos e moedas utópicas”

17 de fevereiro – “Androides sonham com ovelhas elétricas?”, de Philip K. Dick
Na Tapera Taperá, em São Paulo

Dando continuidade às atividades do curso Romances utópicos e moedas distópicas, George Amaral e Ana Rusche, integrantes da Fantástika 451, conversaram com o psicanalista Christian Dunker sobre um dos maiores clássicos da ficção científica de todos os tempos: “Androides sonham com ovelhas elétricas?” de Philip K. Dick.

O livro, apelidado de “Blade Runner” por causa adaptação para o cinema no icônico filme de Ridley Scott (1982), ganhou uma continuação em 2017: “Blade Runner 2049”, de Denis Villeneuve. Para discussão, foi adotada a edição da Aleph, com tradução de Ronaldo Bressane.

Na primeira parte, Ana Rusche fez uma apresentação-resumo do livro, levantando pontos interessantes para debate com o público presente. Você pode fazer o download do roteiro de análise aqui para ver alguns desses pontos e a bibliografia utilizada como referência.

Na segunda parte, Christian Dunker fez algumas reflexões sobre a obra a partir das perguntas de Ana e George. A discussão foi transmitida online pela página da Tapera Taperá no Facebook e está disponível aqui.


Quem debate:

Ana Rüsche é escritora. Doutora em Letras pela FFLCH-USP com tese sobre utopia e feminismo, no qual investigou obras de Margaret Atwood e Ursula Le Guin. Participa da Fantástika 451.

Christian Dunker é psicanalista, professor titular do Instituto de Psicologia da USP. Autor de muitas obras, destacam-se “Mal-Estar, Sofrimento e Sintoma: uma psicopatologia do Brasil entre muros (prêmio Jabuti, Boitempo, 2015) e “Reinvenção da intimidade: políticas do sofrimento cotidiano” (Ubu Editora, 2017).

George Amaral é publicitário, mestre em Teoria Literária pela Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), com a dissertação Novo estranhamento e consciência política: gêneros literários em Perdido Street Station, de China Miéville. É especialista em Roteiro Audiovisual pela PUC-SP. Sua pesquisa aborda as possibilidades de reflexão crítica proporcionadas pelo estranhamento inerente ao fantástico. Atua como designer, ilustrador e roteirista. Participa da Fantástika 451.


Outras edições do curso:

Essa foi a sexta edição do curso “Romances distópicos e moedas utópicas”, realizado em parceria com a Tapera Taperá, em São Paulo. Veja quais foram as outras obras analisadas:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s