Chat: Branco Sai, PretA Fica

Domingo, 10 de dezembro
Começando às 19h com duração de aproximadamente 1 hora
Via TweetChat | Hashtag: #fk451

Chat aberto: Branco Sai, PretA Fica
Mediação: Dolores Galindo e Priscilla Brito

A Fantástika 451 realiza seu terceiro chat temático. Partindo do filme “Branco Sai, Preto Fica” (2015), vamos falar sobre raça, ficção científica e Afrofuturismo. O filme está disponível na Netflix.

Pra quem não conhece, a plataforma tem como objetivo debater ficção especulativa, ficção fantástica, ficção científica, utópicas e tantas outras. Saiba mais sobre a Fantástika 451 e como participar do grupo. Você pode conferir os chats anteriores na plataforma: o primeiro foi sobre ficção científica brasileira e o segundo sobre Blade Runner.

Participantes
O chat é aberto a todos os interessados. Mas, para dar uma linha mais geral, contaremos com mediação de duas de nossas integrantes:

Priscilla Brito é feminista, cientista política e leitora compulsiva. Nos últimos tempos tem se agarrado à ficção científica e fantástica para lidar com as crises do mundo. Ao longo do tempo deve falar um pouco das suas milhares de inquietações.

Dolores Galindo é leitora aficionada de ficção científica feminista. Ao longo do chat fará intervenções com trechos de textos, vídeos e áudios.

Para participar do chat
Qualquer pessoa pode participar, basta ter uma conta ativa no Twitter. Passo a passo:

  1. Acesse http://tweetchat.com
  2. Use a hashtag #fk451
  3. Após fazer login e autorizar o aplicativo, você encontrará a página onde estarão os tweets reunidos.
  4. Qualquer dúvida de ordem técnica: pergunte ao Rodrigo via Twitter: https://twitter.com/rodrigoabrantes @rodrigoabrantes

O que ler antes do chat?
Embora não seja pré-requisito conhecer os temas abordados para participar, temos algumas sugestões para entender um pouco mais sobre o movimento afrofuturista e ter mais informações sobre o filme:

Algumas perguntas 
Pensamos em algumas questões para iniciar o debate. Elas funcionaram como diretrizes, mas podemos (e devemos) ir além do que elas nos colocam.
P1 – Podemos iniciar com a provocação do título da película: “Branco sai, Preto Fica”. A frase remete a um “enquadramento” policial num baile marcado pela violência e genocídio. Na trama e no título do filme há uma inversão de sentido. No filme, Branco sai da cena e as/os protagonistas são pretos, são pobres, vivem nas periferias, são a inteligência da revolução… A figura do branco entra em cena como agente de violência do Estado. Qual é a entrada do chat Fantastika na discussão do filme e do presente racista e genocida que ele documenta?

P2 – O filme constrói uma SF de cunho documental fabulativo, esta estratégia narrativo-política evoca livros antirracistas como Kindred de Octavia Butler. Quais singularidades a SF afrofuturista e antirracista trazem para o cenário literário em SF? Algumas são muito óbvias, como o tipo de tecnologia que se maneja. Por exemplo, em “Branco Sai, Preto Fica” estamos entre os restos tecnológicos, em Ceilândia, cidade satélite construída nas bordas de Brasília (ícone de um modernismo elitista e decadente).

P3 – Como fazer para que a potência política de um filme como “Branco Sai, Preto Fica” não seja revertida num “Turismo de Sensações” que estigmatiza e fixa estereótipos? O movimento afrofuturista, guardada a diversidade de produções e expressões que o caracteriza, chama a um movimento ético e político de construção de si na relação com a tela, com a página de um livro, com os mundos que habitamos ou que alguns de nós habitam…

P4 – Imaginemos que, neste chat, vamos produzir uma bomba antirracista. Falamos de uma bomba com mixagens e remixagens de literatura de SF. No filme, um dos protagonistas realiza este movimento para denúncia dos crimes do Estado Nacional contra a população negra. Quais imagens, sons, experiências literárias podemos colocar numa “Bomba Antirracista Fantastika”? 1…2…3… Iniciada a construção da bomba…Aguardando os sinais…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s